DICAS UNIX BRASIL

Dicionário on line via linha de comando

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 2992 - 16 de abril de 2010
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Dicionário on line via linha de comando 

Precisa de um dicionário, mas não tem um  em seu sistema ? 

Crie o seguinte script chamando-o de "dict" ( ou outro nome de sua escolha ). Ele usa o browser lynx ( que está livremente distribuído na internet ) para acessar o siste dictionary.com e procurar a palavra que você está precisando. 


#!/bin/csh -f

set word=$1

# lynx is a text-based browser
# available free on the web/net.
lynx -cfg=/dev/null -dump "
http://www.dictionary.com/cgi-bin/dict.pl?term=${word}" | more

Nota do tradutor: muito útil para os americanos, mas nós brasileiros temos um projeto muito legal feito pelo grande Aurélio, que é o funcoeszz.
Para baixá-lo, clique aqui e visite o site.

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Usar o NULL é mais rápido

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3151 - 22 de setembro de 2009
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Usar o NULL é mais rápido

Este é o meio mais rápido de truncar um arquivo para 0 bytes no korn shell.

$ > /var/log/messages

Este é um bom método de truncar o arquivo quando ele está aberto por um outro processo. Por exemplo o /var/log/messages quando está sendo usado pelo syslogd. 

Esta dica é generosamente suportada por:  ulli@ucrc.org

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

SFTP em uma porta diferente

Dica rápida e bem interessante que achei aqui no disco rígido e que pode ajudar muita gente.

Tem o seu SSH rodando em outra porta e precisa urgente mandar um arquivo via sftp e não sabe ? 

O comando é bem simples. Levemos em conta que o SSH está rodando na porta 9999. 

O comando seria o seguinte: 

$ sftp -oPort=9999 root@seuservidor.com.br

E pronto, está conectado ao seu servidor para passar seus arquivos.  

Pegando os ips via ifconfig

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE
DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3212 - 22 de novembro de 2009
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Pegando os ips via ifconfig 

Você pode usar o ifconfig para navegar entre os ips que estão configurados em sua máquina.

Se você precisa procurar alguma coisa na saída do comando ifconfig, use o seguinte comando para pegar a listagem dos ips. 

ifconfig | awk '/inet/{print $2}' | awk -F: '{print $2}'

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Mudando o label de uma partição no Linux

Esta é bem rapidinha.

Está precisando mudar o label de uma partição ? Seja para usar em distros padrão Red Hat ( tipo CentOS e Fedora que teimam em usar no fstab o label ) ou simplesmente para ter um label legal para sua partição ?

O comando é simples e rápido :

# e2label [ partição ] [ nome ]

Ou seja, se quero mudar a partição sda7 para o nome exemplo, o comando seria:

# e2label /dev/sda7 exemplo

Mais fácil impossível :-)

Desinstalando programas no Wine

Dica rápida sobre o Wine. Precisa desinstalar um programa e não quer simplesmente ir no diretório $HOME/wine/drive_c/Program Files e deletar o diretório do programa ?

O Wine fornece um jeito mais bonito de desinstalar os programas : 

$ wine uninstaller 

 

Wine Uninstaller

 

E na tela, é só procurar o programa que quer desinstalar e clicar em "Modify/Remove".

Suponha que você precisa testar se um webserver está rodando

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE
DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3181 - 22 de outubro de 2009
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Suponha que você precisa testar se um webserver está rodando 

Suponha que você precisa de testar se um webserver está rodando ou não, e você não tem nenhum browser ( IE, Netscape, Lynx ... ) a mão no momento. Não se desespere, pois há um método bem interessante de fazer isto, simplesmente usando o telnet diretamente na porta http do servidor remoto ( a porta http normalmente roda na porta 80 ).

% telnet < endereço ip > < porta >

Quando a conexão for aberta, é só digitar "get / " sem as aspas duplas. Se o webserver estiver rodando ele irá lhe mostrar o código html da página ou então algumas informações básicas e irá fechar a conexão.

% telnet yahoo.com 80
Trying 204.71.200.245...
Connected to yahoo.com.
Escape character is '^]'.
get /
HTTP/1.0 302 RD
Location: http://www.yahoo.com/

Connection closed by foreign host

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Tabela de Inodos do Filesystem Cheia

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE
DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3187 - 28 de outubro de 2009
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Tabela de Inodos do Filesystem Cheia

Nós recentamente tivemos um problema em que tivemos 100% dos usos de inodo do filesystem. Infelizmente não há um modo fácil de procurar pelos diretórios com um número muito grande de arquivos ( 1 arquivo = 1 inodo ). E, se os arquivos forem muitos pequenos, você não pode contar com o du para lhe ajudar. 

Aqui está um comando find que irá imprimir todos os diretórios no sistema de arquivos corrente e também o número de inodos que está sendo usado neste diretório. 

find . -xdev -type d -exec /bin/echo -n {} \; -exec sh -c "ls {} | wc -l" \;

Esta dica é generosamente suportada por:  rickb@cmhcsys.com

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Redirecionando erros no shell

Esta semana que estive meio afastado das conexões internet, comecei algumas manutenções no meu notebook que eu acabo não fazendo enquanto estou em casa.
Isto, lógico advém das diversas coisas que temos on line e que acabam nos tirando a atenção para o que realmente vale para manter nossa infra funcionando.
Tenho um script em minha máquina que faz um backup de alguns dos meus dados para uma conta on line na Dreamhost. Outros dados eu também tenho replicados em minha conta da Dropbox e por aí vai.
Falta-me hoje, somente para ter uma estrutura mais confiável, aumentar meu HD de 160GB para 250GB e comprar um HD externo de 500GB e tudo vai ficar numa boa.
Este script que eu citei carecia de um controle de erros mais apurado. No fim, a única coisa que eu andava fazendo era redirecionar a saida do rsync para o arquivo de log:

rsync -avz --delete $linha $DHUser@$DHhost:~/ >> $Log

Até resolvia, mas não era o ponto final. Ou seja, erros que ocorriam com o comando rsync, por exemplo, eram redirecionados para a stderr ( que como era o cron, ia para o meu email interno do sistema), e eu acabava não sabendo.
Assim, fui ao man do bash e achei uma coisa super interessante que eu nunca havia parado para analisar.
Vejamos dois exemplos:

(1) # ls > dirlist 2>&1
(2) # ls 2>&1 > dirlist

Qual a diferença entre o comando 1 e o comando 2  ?

A diferença é que o comando 1, redireciona tanto a saída de erro (stderr) quanto a saída padrão (stdout ) para o arquivo dirlist, enquanto o comando 2, somente direciona a saída padrão (stdout ) para o arquivo dirlist.

Ou seja, nunca havia me atentado que a ordem dos fatores, neste caso, alterava plenamente o produto :-)

Por estas e outras, que não adianta baterem o pé. Sim, informática é matemática ... e nunca, outras áreas como muita gente teima de pé junto que informática é.

Páginas