DICAS UNIX BRASIL

Resolvendo o erro do repositório do Chromium no Fedora

Para quem tentou usar uma dica que eu já publiquei aqui sobre o uso do Chromium no Fedora, deve ter notado que de uns tempos para cá o repositório citado começou a dar uns pequenos problemas.

Bem, ao ir ao endereço que existia no repositório http://spot.fedorapeople.org/chromium , há um arquivo README.txt que avisa que os arquivos foram mandados para um novo repositório.

O novo repositório está localizado em http://repos.fedorapeople.org/repos/spot/chromium/
onde pode ser encontrado o novo arquivo de configuração de repositório para o yum.

Assim, para usar o novo repositorio, é só deletar o arquivo chromium.repo e depois efetuar o download do novo.

Os passos são os seguintes:

E finalmente, atualize o seu chromium com o comando :

$ sudo yum update chromium -y 

Ou atualize o sistema com o comando 

$ sudo yum update -y --skip-broken

Pronto, agora é só continuar o uso do seu navegador :-) Eu pessoalmente para algumas coisas que tem muito JavaScript é o melhor mesmo. 

Modificando a senha do Gnome Keyring

Tive um pequeno problema quando instalei o Fedora em um Positivo que estou usando para trabalhar. Na realidade, ao invés de já cadastrar a senha que iria utilizar no meu usuário, eu acabei digitando a famosa 123456 ao criar o mesmo durante a instalação.

Após a instalação modifiquei a senha e o gnome-keyring  estava pedindo senha direto.

Numa pesquisa rápida achei como fazer a mudança da senha no gnome-keyring. Apesar de simples, se alguém tiver o problema acredito que será bem útil.

Vá para : Applications -> Accessories -> Password and encryption keys.
Aplicações   -> Acessórios   -> Senhas e chaves de encriptação

Em Passwords: Login, clique com o botão direito e modifique a senha.

 

ENCRIPTION KEYS

 

Pronto, você agora não precisa mais de ficar gastando tempo em digitar a senha do keyring em todo o login.

Checando a bateria do Notebook via console do Linux

Cansado de ter que entrar na interface gráfica para saber o status da bateria do seu Notebook ?

Olha só que lindo, dá para fazer isto direto via console: 

[ataliba@neo ]$ grep -F capacity: /proc/acpi/battery/BAT0/info
design capacity:         4400 mAh
last full capacity:      3073 mAh

Com um pouco de criatividade dá até para fazer uns scripts para avisar que a bateria foi para o saco. 

A minha por sinal, já está pedindo outra ... 

Encriptando um arquivo ASCII

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3144 - 14 de setembro de 2008
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Encriptando um arquivo ASCII

Um arquivo ASCII pode ser facilmente encriptado ou desemcriptado. 

Para encriptar é só efetuar um pipe do STDOUT do arquivo para o comando "crypt" e redirecionar o resultado para um novo arquivo. Entre uma senha quando o prompt lhe mostrar "Enter key".

$ cat foo | crypt > foo.e

Enter key:

Para desemcriptar o arquivo é só efetuar novamente um pipe do STDOUT do arquivo encriptado para o comando "crypt" e redirecionar para um novo arquivo. Entre a senha quando novamente lhe for mostrado a mensagem "Enter key".

$ cat foo.e | crypt > foo.new
Enter key:

Nota: nos sistemas Linux pode ser usado o comando mcrypt do mesmo modo como é mostrado acima.
No Fedora, é só dar

# yum install mcrypt -y

[ataliba@neo ~]$ cat foo  | mcrypt > algo.e
Enter the passphrase (maximum of 512 characters)
Please use a combination of upper and lower case letters and numbers.
Enter passphrase:
Enter passphrase:

Stdin was encrypted.

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Aplicando o Ip Forward diretamente no sysctl.conf

Apesar do método mais utilizado para ativar o ip forward ser este aqui :

echo "1" > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward

E lógico, sempre funcionar quando colocado no rc.local em máquinas baseadas no Red Hat[bb] e Slackware[bb], não é o método mais bonito, digamos assim.

Como todos sabemos, há um parâmetro do sysctl para isto, que manipula diretamente esta variável do kernel. 

Sendo assim é só configurar o parâmetro em negrito no seu sysctl.conf ( o exemplo abaixo é de um CentOS[bb] ): 

# Kernel sysctl configuration file for Red Hat Linux
#

# For binary values, 0 is disabled, 1 is enabled. See sysctl(8) and

# sysctl.conf(5) for more details.

# Controls IP packet forwarding

net.ipv4.ip_forward = 1
# Controls source route verification

net.ipv4.conf.default.rp_filter = 1

# Do not accept source routing

net.ipv4.conf.default.accept_source_route = 0

# Controls the System Request debugging functionality of the kernel

kernel.sysrq = 0

# Controls whether core dumps will append the PID to the core filename.

# Useful for debugging multi-threaded applications.
kernel.core_uses_pid = 1

Se quiser aplicar automaticamente isto no seu  sistema, é só usar : 

# sysctl -p 

E pronto, o ip forward está ativado no seu sistema operacional[bb]. De um jeito mais bonito, não ? :-) 

Mostrando o progresso na barra de título do Xterm

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3050 - 12 de junho de 2008
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Mostrando o progresso na barra de título do Xterm 

Em alguns momentos é uma mão na roda poder mostar alguma informação na barra de título de um Xterm. Por exemplo quando estamos fazendo o download de diversos arquivos ( e isto produz um grande volume de informações no terminal ) e você precisa de saber qual arquivo está sendo baixado naquele momento.

Para este fim, eu fiz um hack com algumas linhas de shell para colocar qualquer informação na barra de título do Xterm. Eu chamei de ttshow.

#!/bin/sh
if [ -z $DISPLAY ]; then
echo "ESC]0; $* ^G"
fi

Neste pequeno script, a string ESC tem que ser substituído pelo caracter certo de escape (ascii 0x1b) e a string "^G" também tem que ser substituída pelo caracter de escape real (ascii 0x07).

Agora, seu sempre faço meus scripts deste modo

for file in in `cat filenames`; do
ttshow "downloading $file"
wget $file
done

.. e ele me mostra sempre em primeira mão o que está sendo feito.

Para maiores informações sobre isto, descompacte o arquivo do X ( direto do site oficial ) e procure pelo arquivo ctlseqs.ms

- este arquivo pertence a distribuição do Xterm e contém todos os caracteres de escape que você precisa conhecer.

Esta dica é generosamente suportada por: ulinzen+ugu@sendmail.com

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

PATHS mais fáceis de serem lidos

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3214 - 23 de novembro de 2008
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

PATHS mais fáceis de serem lidos 

Eu sou o único que acha

% echo $PATH

% echo $LD_LIBRARY_PATH

difíceis de ler ? Tente isto aqui para tornar o resultado muito mais fácil de ser lido : 

echo $PATH | tr ":" "\n"

Esta dica é generosamente suportada por: ng@clubgeek.net

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Como se matar rapidamente

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 2992 - 16 de abril de 2010
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Como se matar rapidamente !!!

Esta é uma dica de como se matar rapidamente em um sistema Unix:

% kill -9 -1

Isto pode ser usado também para matar outro usuário:

# su - johndoe -c 'kill -9 -1'

NOTA: O UGU não recomenda que os Admins iniciem uma matança, faça isto somente quando for estritamente necessário.

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Monitorando ambientes com múltiplos SysAdmins

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
UNIX GURU UNIVERSE

DICA UNIX[bb]
Dica Unix 3151 - 28 de setembro de 2008
http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Monitorando ambientes com múltiplos SysAdmins

Para visualizar o que alguém está fazendo quando logado como root, se o shell do root utilizar o .sh_history ( neste exemplo, o ksh ), faça: 

# tail -f /.sh_history

Técnica ótima em ambientes com múltiplos SysAdmins e você precisa ter uma idéia do que foi feito, para resolver um problema qualquer.

----------------------------------------

Para assinar: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.subscribe
Para sair: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.unsubscribe
Para enviar uma dica: http://www.ugu.com/sui/ugu/show?tip.today
======================================
DECLARAÇÃO: TODAS AS DICAS DE UNIX SÃO PROPIEDADE DA UNIX GURU UNIVERSE E NÃO SÃO PARA SER VENDIDAS, IMPRESSAS OU USADAS SEM O CONSENTIMENTO POR ESCRITO DA UNIX GURU UNIVERSE.
TODAS AS DICAS SÃO "USADAS POR SEU PROPRIO RISCO". UGU ADVERTE PARA
TESTAR TODAS AS DICAS EM UM AMBIENTE QUE NÃO ESTEJA EM PRODUÇÃO. Unix Guru Universe - www.ugu.com - tips@ugu.com - Copyright 1994-2008
======================================

Pegando dados da CPU diretamente no dmesg

Mais um daqueles comando rapidinhos que quebram o maior galho em um computador com Linux.

Precisa de dados sobre a CPU  ou CPUs do seu servidor ou Desktop

Use o seguinte comando : 

$ sudo dmesg | grep -i cpu

ou 

# dmesg | grep -i cpu 

Com isto você vai pegar no dmesg todas as linhas ligadas a CPU e conseguir tirar dela os dados necessários :)

Páginas